segunda-feira, 13 de maio de 2013

O que é nascido da carne é carne, mas o que nasce do Espírito é espírito - João 3:3-6


1. Seguir a Jesus não é o mesmo que seguir a um mestre moral, uma ideologia ou uma escola de conhecimento - Seguir a Jesus implica uma experiência de transcendência , uma abertura para o universo espiritual, para a realidade. Jesus usou a figura de nascer de novo, nascer outra vez. Ninguém pode entrar no ventre de sua mãe e tornar a nascer. Esse nascimento é o que está escrito em II Co 5:17 “Quando alguém está em Cristo, torna-se uma pessoa totalmente nova por dentro. Já não é mais a mesma pessoa. As coisas antigas já passaram (vida velha) e teve início uma nova vida! (Nasceu do Espírito)”. Então, nascer da carne é o nascimento natural, já nascer do Espírito é algo que vem de dentro para fora, é um nascimento interior do mais profundo do nosso ser.

2. O nascimento Espiritual - Existe um momento de nossa vida quando a realidade espiritual se descortina e a própria presença de Deus e do Espírito de Deus se torna uma REALIDADE PESSOAL para cada um de nós. É nesse momento que acontece o novo nascimento, onde passamos a existir para as coisas espirituais. Nossos olhos são desvendados, e os sentidos espirituais começam a se desenvolver. Então, oramos, passamos a acreditar naquilo que ainda não existe como se já estivéssemos visto. Tudo isso são manifestações de alguém que nasceu do Espírito.
3. A consciência é o umbigo do espírito  -  Assim como nosso umbigo no corpo físico demonstra que temos origem em outro organismo físico, também nossa consciência demonstra que temos origem em outra consciência. O nosso umbigo demonstra que viemos de uma outra pessoa, é a marca que a nossa origem física nos deixou. Assim também é o nosso nascimento no Espírito. A nossa consciência fica marcada. O nosso umbigo espiritual está lá, foi naquele lugar que nascemos e essa é a marca que a nossa origem espiritual nos deixou. Quem nasceu de novo tem a capacidade de discernir entre o certo e o errado, não segundo a critérios da mente, mas segundo a direção do espírito. 
4. Nascer de novo é essa experiência quando o Espírito de Deus está unido a nosso espírito - A partir dessa experiência, passamos a interagir consciente e voluntariamente com o Espírito de Deus. Nesse nascer de novo nós nos rendemos a Deus e confessamos: “Eu abro mão do controle  da minha vida para experimentar o teu Espírito agindo sobre o meu espírito”. Eis o maravilhoso mistério do nascer de novo. Assim como uma pessoa depende da sua origem física para viver, quem nasceu do espírito depende da sua origem para viver essa nova vida.
5. Entrar e Ver o Reino de Deus.   O novo nascimento é a única maneira de recebermos todos os benefícios do Reino de Deus. Até mesmo a vida eterna só irá fluir através desse novo nascimento no nosso espírito vivificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário